quinta, 20 de maio de 2021 - 20:43h - 3076
Estado presta assistência aos municípios do Amapá atingidos por cheia dos rios
Laranjal do Jari, Vitória do Jari, Porto Grande, Pedra Branca do Amapari, Serra do Navio e Oiapoque foram afetados. Sims, Defesa Civil e SVS estão nas regiões.
Por: Da Redação
Foto: Maksuel Martins
Os municípios afetados têm recebido suporte da Defesa Civil do município, juntamente com os militares do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil Estadual, Sims e SVS.

O governo do Estado vem acompanhando a situação dos municípios do Amapá que sofrem com a cheia dos rios e o tempo chuvoso. A Defesa Civil monitora o aumento do nível e a vazão dos principais rios do estado. Nesse período, alguns municípios chamam mais a atenção, como é o caso de Laranjal do Jari, Vitória do Jari, Porto Grande, Pedra Branca do Amapari e Serra do Navio, além da comunidade de Vila Brasil, localizada na área rural de Oiapoque.

Os municípios afetados têm recebido suporte da Defesa Civil do município, juntamente com os militares do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil Estadual, secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims) e Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS).

Vitória do Jari e Pedra Branca decretaram Situação de Emergência e o governo estadual acompanha junto ao Governo Federal para que reconheça a condição. Além disso, busca uma suplementação para assistir as famílias com cestas básicas, água potável e serviços de saúde.

Vale do Jari

A vazão da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio, que atende a região, chegou 3.650 m³/s, com nível do rio superando a marca de 2,40m. Como consequência, as partes baixas de Laranjal do Jari já foram afetadas.

O município contabiliza aproximadamente 22 famílias desalojadas, ou seja, que foram para casa de parentes ou amigos, além de 442 famílias afetadas indiretamente.

Em Vitória do Jari, na sede do município, 642 famílias foram atingidas. Na área rural, são 292 famílias.

Rios Amaparí e Araguarí

Em Porto Grande, com o apoio do Corpo de Bombeiros, o município contabilizou aproximadamente 80 famílias afetadas pela elevação dos Rios Amaparí e Araguarí, sendo que oito famílias estão desalojadas.

Em Pedra Branca do Amapari, por conta da falta de drenagem, algumas partes da cidade e da área ribeirinha foram afetadas. No total, foram contabilizadas aproximadamente 78 famílias afetadas.

Em Serra do Navio a elevação do nível do Rio Amaparí atingiu algumas comunidades situadas na zona rural do município.

A Defesa Civil Estadual acompanha de perto a situação e tem auxiliado na elaboração dos relatórios de danos humanos e materiais na região, além de montar postos de comando, capacitar agentes de Defesa Civil Municipal para o levantamento de informações.

Oiapoque

No município ao extremo no norte, na comunidade de Vila Brasil, as águas subiram e já existe uma equipe na localidade composta por bombeiros e assistente social, realizando o levantamento da situação.

Até o momento foram contabilizados 114 imóveis afetados, entre eles estão inúmeras residências, prédios públicos, posto de saúde e estabelecimentos comerciais.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá