quinta, 13 de maio de 2021 - 20:08h - 3376
Amapá é o primeiro estado a aderir ferramenta que agiliza análise de dados ambientais e rurais
Na ocasião, o governador assinou o decreto que institui o Programa de Regularização Ambiental e regulamenta o Cadastro Ambiental Rural.
Por: Anne Santos
Foto: Márcio Pinheiro
Até então, com o exame manual, apenas cerca de 3% dos cadastros da base haviam sido analisados.

O governador do Amapá, Waldez Góes, aderiu nesta quinta-feira, 13, à Análise Dinamizada do Cadastro Ambiental Rural (AnalisaCAR), uma ferramenta tecnológica disponibilizada pelo Governo Federal com o objetivo de ajudar os estados no acompanhamento dos dados ambientais e rurais.

Agora o Amapá será o primeiro estado a ter o sistema implantado, já que possui os mapeamentos necessários para iniciar o acompanhamento ambiental-rural e tem uma moderna base cartográfica desenvolvida. Com a adesão, além da maior agilidade na análise dos cadastros e a padronização dos critérios, também será possível corrigir informações de forma mais rápida e simples.

É por meio dessa análise que os dados declarados no programa de Cadastro Ambiental Rural (CAR) são validados ou não, uma medida fundamental para a implantação efetiva do Código Florestal Brasileiro.

A tecnologia foi desenvolvida pelo Serviço Florestal Brasileiro, em parceria com a Universidade Federal de Lavras, e lançada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Até então, com o exame manual, apenas cerca de 3% dos cadastros da base haviam sido analisados. A partir de agora, com a nova ferramenta, haverá mais celeridade no processo, possibilitando a análise por lotes de forma remota-sensorial, oportunizando que os proprietários com CAR validado sejam habilitados à financiamentos e participação em programas de incentivos rurais e ambientais.

Durante o lançamento, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, ressaltou a importância da implantação da ferramenta.

“Muito obrigada governador Waldez, o Amapá é o primeiro estado a ter a ferramenta implantada e eu tenho certeza que rapidamente vamos avançar. O que precisarem estamos aqui à disposição para viabilizar e caminharmos juntos fazendo um case de sucesso com o estado do Amapá”, disse a ministra.

O governador destacou o trabalho feito no estado para avançar no setor, atuando junto com IBGE e o Exército Brasileiro para atualizar toda rede geodésica do Amapá, assim como a base cartográfica, que é altamente moderna e segura. Além do georreferenciamento das áreas para uso social – o Zoneamento Ecológico Econômico com a Embrapa e agora o cadastro dinamizado.

Góes lembrou ainda que lançou o Sistema de Gestão Ambiental Digital, com toda a parte de licenciamento, monitoramento e fiscalização, de forma moderna e que facilita transparência e o controle.

“Nós estamos assumindo esse compromisso, um passo muito importante. O CAR não só vai otimizar a verificação dos dados declarados, mas vai qualificar todo o sistema de cadastro ambiental, dando agilidade, desburocratizando, gerando oportunidades, mais emprego, renda e produção para o país. Estamos muito felizes e reafirmo nossos compromissos, que são integrais com a agenda ambiental e de sustentabilidade”, afirmou Góes.

Na ocasião o governador assinou o decreto que institui o programa de Regularização Ambiental (PRA) e regulamenta o Cadastro Ambiental Rural (CAR) no estado do Amapá, um conjunto de ações e iniciativas a serem desenvolvidas por proprietários e posseiros rurais, com o objetivo de adequar e promover a regularização ambiental.

Participaram do evento o diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro, Pedro Neto; o secretário da Amazônia e Serviços Ambientais do Ministério do Meio Ambiente, Joaquim Álvaro Pereira Leite; o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Caio Mario Paes de Andrade; e a secretária de Estado do Meio Ambiente, Josiane Ferreira.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá